Zezé Motta na Capa da Revista Canal Extra

atriz e cantora zezé motta. capa revista canal

 

Para #RevistaCanal @jornalextra
Texto: @zean.bravo

• Fotos: @euthiagobruno
• Produção: @viniciusbelo
• Styling: @salisabarbosa
• Produção de moda: @naylemme
• Assistente de styling: @isarabello
• Beleza: @ajanamarques
• Assistente de beleza: @andrezafaria.art

Zezé veste:
• Vestido e casaco: @andrebetio
• Brincos: @ateliexongani
• Anel: @bautti.joias
• Sneaker: @albs_br

13.09.2021


Zezé Motta na Capa do Jornal Extra 12.09.2021

Zezé Motta na capa do Jornal Extra

13.09.2021


Zezé Motta apresentará o especial “Falas da Vida” sobre o Dia Internacional do Idoso, na TV Globo

Zezé Motta

Zezé Motta

Eles representam 18,9% da população brasileira. São mais de 40 milhões de pessoas que trabalham, cuidam, inovam, cantam, apoiam, namoram, sonham e fazem acontecer no cotidiano, na economia, na família e em toda a sociedade. Em um primeiro momento, talvez poucas pessoas associem que estamos falando de brasileiros com mais de 60 anos. E eles são o tema do especial ‘Falas da Vida’ que, não à toa, será exibido no 1º de outubro, Dia Internacional dos Direitos da Pessoa Idosa. A data marca o combate a todo tipo de preconceito e dá voz para essas pessoas, que estão cada vez mais ativas, presentes e necessitadas de reconhecimento dos seus direitos constitucionais das pessoas idosas. Com apresentação de Zezé Motta, atriz e cantora de 77 anos, o especial vai apresentar ao Brasil cinco personagens, até agora anônimos, mas com o potencial de representarem cada um desses milhões de outros, por meio do que eles têm de sobra: suas histórias.

Com direção artística de Patricia Carvalho; consultoria de Hamilton Vaz Pereira; e roteiro de Jorge Félix e Ines Stanisieri, o especial faz uma homenagem aos idosos brasileiros e reconhece seu papel determinante no país. “Contaremos as histórias de vida e as conquistas dessas pessoas. Todos são otimistas em relação à vida no presente. Queremos fazê-los entender – e os espectadores também – o impacto que têm na vida das pessoas e que muitas vezes nem imaginam”, comenta Patrícia Carvalho.

A escolha dos personagens respeitou as características desse segmento etário da população, segundo o perfil desenhado pelos dados oficiais do IBGE. Como a maioria das pessoas idosas do país, os velhos e velhas do especial são batalhadores depois dos 60, participam da geração de riqueza na sociedade, moram em vários arranjos familiares e têm renda média em torno de R$ 2.200,00. Mesmo aposentados, trabalham, geram renda e cuidam da família. Muitas vezes, são as pessoas mais importantes da casa, os chefes do lar. Ou seja, quebram tabus associados com a ideia de velhice do século passado.

Vimos algumas histórias que se repetem bastante entre as pessoas idosas, como os que são arrimos da família e além de cuidar dos netos, cuidam de outros idosos; pessoas que precisam trabalhar mesmo com a aposentadoria; e que não imaginavam chegar tão bem à idade que têm. Há, ainda, o idoso empreendedor, que tem uma aposentadoria, mas faz algo dentro de casa para complementar a renda; a que viu sua vida mudar após um divórcio, aquela que turbinou sua autoestima e busca relacionamentos; e o que mora em uma ILPI, instituição de longa permanência pra idosos”, explica Patricia.

No início da nossa pesquisa, achamos que um dos maiores medos das pessoas quando ainda jovens é a solidão, ser abandonado pela família. E não é necessariamente isso que acontece. Com cada uma dessas histórias, mostramos a realidade das pessoas idosas, mas também a resiliência e muita disposição para viver o presente. Não existe esse negócio de “apesar da idade”. Apesar de limitações inevitáveis, tudo ainda pode ser sonhado”, comenta. “Acredito que ‘Falas da Vida’ será um especial inspirador e encorajador, nossa expectativa é gerar esse sentimento em quem nos assiste”, finaliza a diretora.

‘Falas da Vida’ tem direção artística de Patrícia Carvalho, direção de Ivone Happ e roteiro assinado por Jorge Félix e Ines Stanisieri, com produção de Beatriz Besser. Rafael Dragaud é o diretor executivo e Mariano Boni, diretor de gênero. O especial vai ao ar na TV Globo no dia 1º de outubro, logo após ‘Império’.

 

09.09.2021


Thereza Eugenia – Portraits 1970-1980

Zezé Motta | Foto: Thereza Eugênia

Zezé Motta | Foto: Thereza Eugênia

Zezé Motta | Foto: Thereza Eugênia

Zezé Motta | Foto: Thereza Eugênia

Zezé Motta e Maria Bethânia | Foto: Thereza Eugênia

Zezé Motta e Maria Bethânia | Foto: Thereza Eugênia

Nelson Motta, Guilherme Araújo e Zezé Motta | Foto: Thereza Eugênia

Nelson Motta, Guilherme Araújo e Zezé Motta | Foto: Thereza Eugênia

Zezé Motta, Eduardo Conde e Simone | Foto: Thereza Eugêia

Zezé Motta, Eduardo Conde e Simone | Foto: Thereza Eugênia

Reconhecida como uma das melhores fotógrafas do Brasil por seu trabalho com grandes nomes da MPB, @therezaeugenia acaba de lançar o livro “Portraits” pela editora Barléu. A publicação é uma viagem pelos anos 1970 e 1980 na música popular brasileira desse período. As fotografias revelam a intimidade dos artistas, os bastidores dos shows e também momentos únicos que só uma artista com a sensibilidade da fotógrafa baiana poderia captar. E não faltaram cliques de Zezé. Aqui, você confere alguns!

Você pode garantir o livro de Thereza Eugênia (aqui!).

31.08.2021


Pobre Menina Rica

Zezé Motta em Pobre Menina Rica

O ano era 1972, eu estava em cartaz no Teatro da Praia, em Copacabana, no Rio, fazendo o musical “Pobre Menina Rica”. Esse título dizia muito sobre a minha pessoa, vim de uma família humilde, morava na Zona Sul carioca e as minhas vizinhas quando souberam que eu estava fazendo curso de arte dramática, retrucavam dizendo que não sabiam que para fazer papel de empregada tinha que estudar teatro. Venci esses comentários, venci toda a dificuldade que era ser artista naquela época, e que ainda continua sendo diga-se de passagem. Venci o medo, a insegurança, não desisti. É sobre isso, sobre ser artista, sobre resistir. Quem diria que um dia aquela menina sonhadora faria parte do Acervo Arquivo Nacional?

24.08.2021


Zezé Motta participa do Criança Esperança 2021

Os Mesões da Esperança começaram ontem (21) e vão até segunda-feira (23), com entradas ao vivo durante a programação da TV Globo. Os canais por assinatura GNTGlobonewsMultishowGloob e SporTV também estão exibindo entradas dos mesões com a participação do elenco de forma virtual. Neste domingo, já passaram pelos mesões nomes como Daiane dos Santos, Isaquias Queiroz, Flávio Canto, Heloísa Perissé, Kiko Mascarenhas, Letícia Sabatella, Marcelo Serrado, Michel Gomes, Rafa Kalimann, Agnes Brichta, Rômulo Estrela, Julia Lemmertz, Vitória Strada, Deborah Evelyn, Rafael Infante, Susana Vieira, Thiago Fragoso, Zezé Motta, Juliana Paiva, Rodrigo Pandolfo, e muitos outros.

O show do Criança Esperança será exibido no dia 23 de agosto, logo após Império, com apresentação de Ivete Sangalo, Maju Coutinho, IZA e Luciano Huck. Os musicais apresentados em duplas ou trios, contam com atrações como Ivete Sangalo, IZA, Emicida, Luan Santana, Zezé di Camargo e Luciano, Juliette, Israel e Rodolfo, Barões da Pisadinha, Ludmilla, Dj Alok e muito mais. O programa também vai exibir vídeos com beneficiados do projeto, comandados por Maju, Huck, Regina Casé e Gil do Vigor. A direção artística do show é de Antonia Prado, com direção executiva de Rafael Dragaud e direção de gênero de Mariano Boni.

23.08.2021