Cultura

Zezé Motta participa de evento em homenagem a Lélia Gonzalez no EAV Parque Lage

Evento em homenagem a Lélia Gonzalez

Roda de conversa sobre Lélia Gonzalez: trajetória, pensamento e legados com a participação de Zezé Motta, Keyna Eleison, Elizabeth Viana e Raquel Barreto e outras convidadas.

O evento trata-se do encerramento do projeto de pesquisa “Hospedando Lélia Gonzalez (1935-1994)” e ocorrerá alguns dias depois do 25º aniversário do falecimento de Lélia. Na ocasião, celebraremos a ex-professora do EAV Parque Lage e seu legado. A convidada de honra deste dia é a atriz Zezé Motta, que foi aluna do curso de Lélia sobre cultura negra na escola no final dos anos 1970. Ela participará de uma conversa com Keyna Eleison (professora da EAV Parque Lage e curadora), Elizabeth Viana (pesquisadora e amiga de Lélia) e Raquel Barreto (historiadora).

Ao longo do dia receberemos contribuições de artistas que nos ajudam a trazer a voz de Lélia Gonzalez de diferentes maneiras: através da música da Glau Tavares, filme da Beatriz Vieirah, performances da Andrea Almeida e Susan Soares e uma “intervenção de pintura Lélia Gonzalez” das seis artistas visuais mulheres negras: Carol Sunshine, Dila Oliveira, Susan Soares e Viviane Laprovita.

“Lélia Gonzalez – para não esquecer” encerra o projeto de pesquisa que a biblioteca realiza desde março, com uma exposição de materiais de arquivo e obras de arte de Aline Besouro, Millena Lízia e Yhuri Cruz, encontros mensais com convidados, e novos livros da biblioteca sobre a questão racial no Brasil, autorias e produção artística negras.

Acesse aqui toda a programação passada do Hospedando Lélia Gonzalez

O evento é organizado pela equipe da Biblioteca | Centro de Documentação e Pesquisa – EAV Parque Lage juntamente com a pesquisadora Raquel Barreto.

PROGRAMAÇÃO:
16:00 Abertura + mostra do filme “Em busca da Lélia” (Beatriz Vieirah, 2017)
17:00 Mesa de debate com Zezé Motta, Keyna Eleison, Elizabeth Viana, e Raquel Barreto
19:00 Performances em volta da piscina, de Andréa Almeida e Susan Soares
20:00 Performance musical por Glau Tavares
21:30 Final

Projeto de pesquisa Hospedando Lélia Gonzalez
Lélia Gonzalez – para não esquecer
Sábado. 13 de julho de 2019 . 16:00 – 22:00
Local: Salão Nobre e Pátio da piscina da EAV Parque Lage

09.07.2019


Zezé Motta no show em homenagem a Dolores Duran

O jornalista Ancelmo Gois publicou hoje em sua coluna, no O Globo, que artistas do calibre de Ney Matogrosso, João Roberto Kelly, Dóris Monteiro, Lana Bittencourt e Zezé Motta farão um grande show no Imperator, dia 17, em homenagem aos 60 anos de morte de Dolores Duran (1930-1959). Toda a renda do espetáculo irá para a família da cantora, que tem passado por necessidades financeiras. O show “Uma tarde para Dolores Duran e família” tem direção de Rodrigo Faour, biógrafo da artista.

Dolores Duran

Dolores Duran

 

Veja Zezé Motta cantando “A Noite do Meu Bem”:

01.07.2019


Zezé Motta na 35º Feira do Livro de Brasília

Zezé Motta no Festival do Livro de Brasília

Zezé Motta é atração confirmada na 35• Feira do Livro de Brasília. A cantriz participa no dia 16.06, às 18h, da roda de conversa cujo tema é (A #Luta e o #Protagonismo #Negro), ao lato do escritor Tom Farias. Às 20h, ela solta a voz no encerramento do evento com o show “Atendendo a Pedidos”, onde interpreta canções que foram marcadas em seus mais de 50 anos de carreira. Entra franca, não percam!

14.06.2019


Zezé Motta participará da 7º FLI – Festival Literário de Iguape

Zezé Motta no 7º FLI - Festival Literário de Iguape | O Futuro não Demora no 7º FLI

O Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Poiesis, Oficinas Culturais de São Paulo e Prefeitura Municipal de Iguape apresentam a 7ª edição do FLI – Festival Literário de Iguape.

O Festival, que acontece no interior do estado de São Paulo – na região do Vale do Ribeira – desde 2013, traz para este ano o tema “Futuro, Lugar e Memória”. Com as presenças de escritores, artistas e pensadores como Zezé Mota, Conceição Evaristo, Ana Maria Gonçalves, Geovani Martins, entre outros, serão discutidas questões sobre território, ancestralidade e povos tradicionais.

7 e 8 de junho!

Programação completa: oficinasculturais.org.br/7fli

17.05.2019


Zezé Motta no Altas Horas

Zezé Motta e Toni Garrido no Altas Horas, Globo Zezé Motta e Toni Garrido no Altas Horas, Globo Zezé Motta e Toni Garrido no Altas Horas, Globo Zezé Motta e Toni Garrido no Altas Horas, Globo Zezé Motta e Toni Garrido no Altas Horas, Globo Zezé Motta e Toni Garrido no Altas Horas, Globo Zezé Motta e Toni Garrido no Altas Horas, Globo Zezé Motta e Toni Garrido no Altas Horas, Globo Zezé Motta e Toni Garrido no Altas Horas, Globo Zezé Motta e Toni Garrido no Altas Horas, Globo Zezé Motta e Toni Garrido no Altas Horas, Globo Zezé Motta e Toni Garrido no Altas Horas, Globo Zezé Motta e Toni Garrido no Altas Horas, Globo

Toni Garrido e Zezé Motta cantaram ‘Se Todos Fossem Iguais A Você’, sucesso de Vinicius de Moraes e Tom Jobim no palco do Altas Horas, na noite deste sábado, 11, em homenagem ao dia das mães. A apresentação completa você confere aqui: https://globoplay.globo.com/v/7609508/

13.05.2019


Zezé Motta e Hilton Cobra São Homenageados Pelo Prêmio Braskem De Teatro

Zezé Motta

Zezé Motta

Os atores Zezé Motta e Hilton Cobra serão os homenageados do 26º Prêmio Braskem de Teatro. Os dois já viveram personagens de Jorge Amado, romancista que inspirou as artes cênicas e que terá a obra como tema central da cerimônia de entrega da premiação no dia 15 de maio no Teatro Castro Alves (TCA), em Salvador. Além da ligação dos artistas com o escritor e seus personagens, eles se destacam pela “contribuição à arte, à cena e à cultura nacionais, em especial na defesa dos valores humanos e sociais dos povos marginalizados”, conforme destaca o diretor artístico da cerimônia Luiz Marfuz.

“Cobrinha”, como Hilton também é conhecido, tem quatro décadas de dedicação ao trabalho como ator e diretor. Além da atuação no palco, ele contribuiu para dar mais espaço para artistas negros, o que foi viabilizado pela criação da Companhia dos Comuns, entre outras iniciativas políticas-artísticas dele. Ao longo da sua carreira, Zezé também foi atuante no combate ao racismo e preconceito contra a mulher. Ela interpretou Rosenda Rosedá, personagem criada por Jorge no livro Jubiabá, que conta a história de um dos primeiros heróis negros da literatura brasileira.

Outros artistas que também foram reconhecidos em outras edições do Prêmio Braskem de Teatro, desta vez voltam ao palco para conduzir a cerimônia. Esse papel será assumido pelos atores Frank Menezes, Zeca de Abreu e Amaurih Oliveira. A atriz e cantora baiana Larissa Luz, também, fará uma participação especial no evento, que ainda terá o coro cênico-musical composto por artistas da cena baiana, como: Anderson Dantas, Clara Paixão, Ela Nascimento, Danilo Cairo, Daniel Farias, Fernanda Silva, Fernando Santana, Josy Varjão, Mariana Borges, Ridson Reis.