Cultura

Zezé Motta no 3º Inverno das Artes, no Palácio das Artes, em BH

Zezé Motta | Foto: Valéria Martins

Zezé Motta | Foto: Valéria Martins

Em apresentação no 3º Inverno das Artes, a atriz Zezé Motta mostra sua versão cantora no show Divina Saudade, uma homenagem à grande diva da música brasileira, Eliseth Cardoso, que faz um retrato da MPB, do samba e da bossa nova até às cantoras do rádio. O espetáculo acontece no dia 24 de julho na Sala Juvenal Dias.

Os traços comuns entre Zezé Motta e Elizeth Cardoso vão além de serem mulheres, cantoras, negras e brasileiras. Mergulhadas em uma espécie de underground da vida musical carioca, Zezé e Elizeth emergiram com suas artes em um país marcado pelo machismo e pelo racismo. Todos esses universos estão retratados no espetáculo Divina Saudade.

Classifiação: 12 anos

Ingressos: 40,00 e 20,00 – Para comprar clique aqui

21.07.2017


Zezé Motta prestigia Iléa Ferraz no X-Tudo Sesi Cultural 2017, no espetáculo ‘Mercedes’:

Zezé Motta | Crédito: Daniel Barboza

Zezé Motta | Crédito: Daniel Barboza

O espetáculo “Mercedes” narra a trajetória de Mercedes Baptista, que a partir da década de 1940 se tornou a primeira bailarina negra a compor o corpo de baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a precursora da dança afro-brasileira pelo mundo e a responsável pela disseminação das alas coreografadas do carnaval carioca.

19.07.2017


Zezé Motta canta Elizeth Cardoso em show no Café-Teatro Rubi, em Salvador

Zezé Motta

Zezé Motta apresenta o show “Divina Saudade”, que homenageia a intérprete Elizeth Cardoso, no Café-Teatro Rubi, Sheraton da Bahia, nos dias 14 e 15 de julho, às 20h30. O repertório tem samba, bossa nova e composições gravadas na época do rádio.

O couvert artístico custa R$ 80 na sexta, e R$ 100 no sábado. As entradas podem se compradas na bilheteria do teatro e na internet.

A apresentação é dividida em duas etapas. Na primeira, o cenário é uma grande cortina francesa dourada, com um microfone anos 1950, que lembra os auditórios da rádio Nacional e tantos palcos que já não existem mais. É um momento de glamour pós-guerra, onde as estrelas eram importadas de Hollywood. Na segunda, o cenário vira teatro, as letras das canções interagem com a cenografia e tudo fica mais dramático e misterioso.

12.07.2017


Biografia de Zezé Motta, escrita por Cacau Hygino, na Mônica Bergamo – Folha de São Paulo

Biografia de Zezé Motta na Mônica Bergamo - Folha de São Paulo

31.05.2017


Zezé Motta participa do Sem Censura, com Vera Barroso:

Zezé Motta e Vera Barroso

(da esquerda para a direita) o cantor Vidal Assis, a atriz Zezé Motta, Vera Barroso, o especialista em ciência da informação Marcelo Brogliato, a diretora da Biblioteca Nacional Helena Severo , o médico Luiz Felipe Guimarães e Bruno Barros.

Zezé Motta participou na última sexta-feira, 26, do programa Sem Censura, na TV Brasil, apresentado por Vera Barroso. A cantriz falou sobre sua participação na minissérie Sob Pressão, na Globo, e também sobre a mostra de cinema que ganhou em sua homenagem na Caixa Cultural de Recife.

29.05.2017


Documentário A Rainha das Américas, de Rosi Young, com direção de Zezé Motta, na coluna Ancelmo Gois – O Globo:

Ancelmo Gois. O Globo. Documentário Chica da Silva. Zeze Motta