Dica da Zezé

30 de Julho: Teatro Ipanema!

Zezé Motta e Sérgio Dumont Teatro Ipanema

O Teatro Ipanema e a secretaria municipal de cultura do Rio apresentam o espetáculo “Chega de Saudade”, um retrato da música brasileira, que será realizado no dia 30 de julho (terça-feira) às 20h através de dois grandes artistas da música popular brasileira. O show apresentará ao público sucessos de Vinícius de Moraes (1913-1980) e Elizeth Cardoso (1920-1990).

O ano de 1958 marcaria o início de um dos movimentos mais importantes da música brasileira, a Bossa Nova. A pedra fundamental do movimento veio com o álbum “Canção do Amor Demais”, gravado pela cantora Elizeth Cardoso. Além da faixa-título, o antológico LP contava ainda com outras canções de autoria da dupla Vinicius e Tom, como “Chega de Saudade”, canção fundamental daquele novo movimento. Já o ano de 2013 é marcado por uma série de eventos que já estão programados para a comemoração dos 100 anos de nascimento de um dos mais importantes nomes da poesia e da música brasileira: Vinícius de Moraes.

Chega de Saudade é uma canção escrita por Vinícius de Moraes (letra) e por Antônio Carlos Jobim (música), em meados dos anos 50. Foi gravada pela primeira vez em 10 de julho de 1958, na voz de Elizeth Cardoso, que a gravou com arranjos do maestro Antônio Carlos Jobim, acompanhada também pelo violão de João Gilberto. Mais tarde, esta gravação antológica ficou reconhecida como o primeiro registro fonográfico da bossa nova.

Dividido em dois atos, o espetáculo traz Sérgio Dumont cantando Vinícius de Moraes e Zezé Motta cantando Elizeth Cardoso. Os artistas virão acompanhados pelo maestro Ricardo Mac Cord.

Os traços comuns entre Zezé Motta e Elizeth Cardoso vão além de serem mulheres, cantoras, negras e brasileiras. Mergulhadas em uma espécie de underground da vida musical carioca, Zezé e Elizeth emergiram com suas artes em um país marcado pelo machismo e pelo racismo. Esse universo é também característico do vivido por grandes divas do jazz: Bessie Smith, Billie Holiday, Lenna Horn. O repertório de Zezé faz parte do disco que a cantriz lançou no ano de 2000, intitulado (Divina Saudade – uma homenagem a Elizeth Cardoso) e será composto por pérolas como “Tudo É Magnífico”, “Nossos Momentos”, “A Noite do Meu Bem”, “Consolação”, “Tristeza”, “Noites Cariocas” e “Barracão”.

Carioca nascido em 1960, Sérgio Dumont, começou cedo seu amor pela música. Uma das suas maiores paixões é o violão, instrumento que viabiliza suas inspirações melódicas que o levou a cursar o Conservatório Brasileiro de Música e a Academia de Música Lorenzo Fernandes, formando-se em harmonia tradicional e licenciando-se e especializando-se em Educação Musical. No repertório do artista músicas de sucesso como “Samba da Benção”, “A Felicidade”, “Tarde em Itapoã” e “Onde Anda Você”.

  • Show: Zezé Motta e Sérgio Dumont em Chega de Saudade
  • Local: Teatro Ipanema
  • Endereço: Rua Prudente de Moraes, 824, Ipanema.
  • Horário: 20h
  • Data: 30 de julho – (terça-feira)
  • Valor: R$ 30,00 (inteira) – R$ 15,00 (meia-entrada para idosos, estudantes e cariocas);
  • Vendas: ingresso.com e na bilheteria do teatro;
  • Informações: (21) 2267-3750. 

15.07.2013


Dica de hoje: Samba do Trabalhador!

Moacyr Luz

Moacyr Luz

Para começar bem a semana, um grupo de sambistas resolveu se reunir no Clube Renascença, na Tijuca (RJ), para fazer o Samba do Trabalhador, uma roda dedicada aos companheiros de labuta e aos que simplesmente querem relaxar já na segunda-feira, mesmo sem ter que enfrentar a rotina dos escritórios. A roda de samba começa às 16h30 e termina por volta de 21h. Em compensação, ao longo dessas quase cinco horas, o público pode escutar samba de qualidade comandado por Moacyr Luz e se deliciar com o bom e velho churrasquinho. Preço: R$7 (mulheres) e R$10 (homens)

Samba dos Trabalhadores

Local: Clube Renascença (Rua Barão de São Francisco, 54 – Tijuca)
Data: todas as segundas-feiras
Horário: 16h30 às 21h

24.06.2013