Retratos da minha vida

Zezé Motta – Coluna Mônica Bergamo – Folha de São Paulo:

Coluna Mônica Bergamo, Zezé Motta

14.08.2017


Zezé Motta e Melodia: Amizade, parceria e cumplicidade (Homenagem)

Zezé Motta e Luiz Melodia | Foto: Cristina Granato

Zezé Motta e Luiz Melodia | Foto: Cristina Granato

Zezé Motta, no primeiro LP todo o feitiço da raça - Pop 1978-05 aaa

13 de Julho de 1998 o globo

27 de julho de 2001 Zezé Motta  e Luiz Melodia no Canecão

Luiz Melodia e Zezé Motta no Projeto Pixinguinha

Luiz Melodia e Zezé Motta

04.08.2017


Uma surpresa de verdade

Zeze Motta

Zezé Motta

Zezé Motta recebeu uma festa surpresa na noite desta sexta, 30, em seu apartamento no Leme. A eterna Xica da Silva completou 73 anos – quase ninguém acredita que ela tenha essa idade. O festejo foi armado por Vinicius Belo, seu assessor de imprensa e amigo. Entre os convidados, amigos da artista de longa data como Lucélia SantosSandra PêraTonico PereiraPitanga… A noite rendeu até às 04 da manhã e convidados como Cris Viana e Ana Botafogo, que estiveram pela primeira vez ao imóvel de Zezé, ficaram encantadas com o apartamento que viveu por toda a vida a escritora Clarice Lispector. Zezé, muito emocionada, recordou o tempo em que dividia uma casa com Marco Nanini, Wolf Maya, Ney Matogrosso, Ronaldo Resedá, e Lucélia Santos nos anos 70. Também recordou que era responsável por cuidar de Sandra, no tempo em que morava com Marília Pêra. Foi uma noite saudosa.

Figura respeitada da música, televisão e cinema, Zezé é incansável. Só em 2017 ela está com projetos no cinema, teatro e tv. Deus, na forma de uma mulher negra, é o personagem de Zezé Motta, que vai logo avisando ao atraente Diabo, interpretado por Murilo Rosa: “Os homens não são fiéis, filho. Por isso criei o cachorro!”. O longa A Comédia Divina, que chega em breve aos cinemas de todo Brasil, é um dos filmes que Zezé aparecerá este ano.

A atriz e cantora estava muito feliz em poder rever amigos de tantos anos, depois de ficar por quase 6 meses morando em Portugal. Zezé não para! Está gravando mais dois filmes, uma série para o Netflix, e uma minissérie para a TV Globo, ela está no elenco de ‘Sob Pressão’, que tem Com direção geral de Andrucha Waddington e redação final de Jorge Furtado. Ah, vale lembrar que a cantriz, – apelido que ela mesma se deu -, acabou de finalizar seu oito álbum solo que será lançado ainda este ano “O Samba Mandou me chamar” pela gravadora Coqueiro Verde. Também em 2017, Zezé Motta terá sua vida mais uma vez contada em biografia. Está sendo escrita por Cacau Hygino um livro de memórias sobre os bastidores da vida da artista.

O regabofe contou com um coquetel assinado pelo chef Flávio Pedro, que preparou um menu inspirado na vida e obras de Zezé! A decoração do ambiente contou com um lindo acervo da Panos e Cores, além de almofadas de Marly Simonsen. Bolo e doces foram assinados por Taty Roth, da TR Doces.

O naked cake da TR Doces

O naked cake da TR Doces

Os brigadeiros da TR Doces

Os brigadeiros da TR Doces

Arranjo floral tropical, em vaso Panos & Cores

Arranjo floral tropical, em vaso Panos & Cores

Almofadas e puffs Marly Simonsen

Almofadas e puffs Marly Simonsen

Zezé Motta

Zezé Motta

Zezé Motta com o chef Flavio Pedro

Zezé Motta com o Chef Flavio Pedro

Antônio Pitanga e Zezé Motta

Antônio Pitanga e Zezé Motta

Lucélia Santos e Zezé Motta

Lucélia Santos e Zezé Motta

Lucélia Santos, Zezé Motta e Cris Vianna

Lucélia Santos, Zezé Motta e Cris Vianna

Ana Botafogo, Zezé Motta e Gottsha

Ana Botafogo, Zezé Motta e Gottsha

Tonico Pereira e Zezé Motta

Tonico Pereira e Zezé Motta

Zeppa Souza

Zeppa Souza

Sandra Pêra e Vinicius Belo

Sandra Pêra e Vinicius Belo

Aisha Jambo e Pitanga

Aisha Jambo e Pitanga

Úrsula Corona e Bruna Barros

Úrsula Corona e Bruna Barros

Christovam Chevalier e Karla Vidal

Christovam Chevalier e Karla Vidal

Ursula Corona, Ginaldo de Souza e Ana Botafogo

Ursula Corona, Ginaldo de Souza e Ana Botafogo

Cris Vianna, Zezé Motta e Luiz Roque

Cris Vianna, Zezé Motta e Luiz Roque

Bruna Barros, Ana Botafogo e Vinicius Belo

Bruna Barros, Ana Botafogo e Vinicius Belo

Zeze Motta e Antonio Pitanga

Zeze Motta e Antonio Pitanga

Luiza Brasil

Luiza Brasil

Sandra Pêra

Sandra Pêra

Vinicius Belo e Marcio Gomes

Vinicius Belo e Marcio Gomes

Vinicius Belo e Christovam Chevalier

Vinicius Belo e Christovam Chevalier

Vinicius Belo e Zeze Motta

Vinicius Belo e Zeze Motta

Lucelia Santos, Ana Botafogo, Zeze Motta, Sandra Pera e Betinha

Lucelia Santos, Ana Botafogo, Zeze Motta, Sandra Pera e Betinha

Zezé entre as filhas Carla e Cíntia, a sobrinha Érica, e a amiga Karla

Zezé entre as filhas Carla e Cíntia, a sobrinha Érica, e a amiga Karla

01.07.2017


Biografia de Zezé Motta, escrita por Cacau Hygino, na Mônica Bergamo – Folha de São Paulo

Biografia de Zezé Motta na Mônica Bergamo - Folha de São Paulo

31.05.2017


Viva Ruth de Souza: 96 anos!

Zezé Motta, Ruth de Souza e Tais Araújo

16.05.2017


“Dia dos Namorados” de Cazuza, por Zezé Motta

28 de Julho de 1989 o globo, Zezé Motta

28 de Julho de 1989 o globo, Zezé Motta

No baú de Cazuza existem 78 letras inéditas. É o que revela o livro “Preciso Dizer Que Te Amo – Todas as Letras do Poeta”, lançado pela mãe do cantor, Lucinha Araújo, em 2004. Dessas, 13 teriam sido musicadas, enquanto outras 65 permanecem apenas como letras.

Desde 2015, Lucinha ensaia projeto de disco com a gravação de algumas dessas letras, com nomes, inclusive, confirmados, casos de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Baby do Brasil, Bebel Gilberto, Seu Jorge, Leoni, Rogério Flausino e Wilson Sideral. Os lucros obtidos com a iniciativa serão revertidos para a Sociedade Viva Cazuza – associação presidida por Lucinha que cuida de pessoas infectadas com o vírus da aids, desde 1990, quando a doença vitimou Cazuza – mas a ideia do CD ainda não saiu do papel.

Na última quinta-feira, o jornalista Mauro Ferreira informou em seu blog que Ney Matogrosso lançaria uma dessas músicas inéditas do compositor: “Dia dos Namorados”. A previsão é que a gravação de Ney chegaria ao mercado exatamente no dia em que a data que o título faz alusão é comemorada no Brasil: 12 de junho. No entanto, a informação de que a canção seja inédita contradiz o próprio relato do livro de Lucinha, que adverte que ela já havia sido registrada pela cantora e atriz Zezé Motta.

Registro. Embora tenha recebido a voz de Zezé, “Dia dos Namorados” permanece inédita para o público. Logo após cantarolar entusiasmada o refrão da música, por telefone, do Rio, Zezé esclarece os motivos desse ineditismo. “É linda a canção. O Cazuza me deu para gravar, não me recordo a época exata, mas eu estava sem gravadora, envolvida em alguns trabalhos temáticos. Então, registrei num gravador e dei para a Lucinha Araújo. Ela é a única que tem a versão, num cassete”, revela a artista.

Zezé e Cazuza se conheceram em um aniversário da também cantora Sandra de Sá, comadre do músico. “Saí algumas vezes com ele e a Bebel Gilberto para bares da região do Leblon, mas não chegamos a ser assim tão próximos. O que havia era uma admiração de ambos. Cazuza foi um grande poeta, e é até hoje.”, elogia a cantora e atriz.

Lançamento. Zezé, que recentemente esteve em Lisboa para participar da novela “Ouro Verde”, produzida e transmitida pela TVI de Portugal, ao lado de outros artistas brasileiros, como Silvia Pfeifer e Gracindo Júnior, afirma que não tinha conhecimento da gravação que será lançada por Ney, mas relembra que a música já tinha uma melodia, feita por Perinho Santana, como reitera o livro de Lucinha. “Ouvi a música e a melodia numa fita cassete, cantada pelo Cazuza”, diz.

No blog de Mauro Ferreira, a informação é que a melodia do registro feito por Ney Matogrosso é de autoria de Roberto Frejat, o mais recorrente parceiro de Cazuza. O texto também não deixa claro se a nova gravação de Ney será adicionada à voz de Cazuza, e nem entra no mérito se fará parte do projeto encampado por Lucinha desde 2015. Ferreira encerra com as seguintes palavras: “A adição da voz de Ney ao fonograma faz sentido pelo fato de o cantor ter sido namorado de Cazuza. Eis a apaixonada letra de ‘Dia dos Namorados’, própria para virtual dueto romântico”. Instado a responder a dúvida em seu blog e via telefone, Ferreira não atendeu e nem respondeu ao questionamento.

Inéditas. O livro, que abarca todo o repertório autoral de Cazuza, revela ainda duas canções registradas. mas jamais lançadas. “Quero Ele”, parceria com Lobão feita para Rogéria e cantada por ela em espetáculo teatral, e “Problema Moral”, cantada por Paulette, um dos membros do histórico grupo de dança Dzi Croquettes.