Zezé Motta fala sobre longevidade no evento Universa Talks do UOL

zeze motta universa uol

De onde vem a força para que as mulheres celebrem cada vez mais seus corpos? Como construímos nossa autoestima até aqui? Na próxima quarta-feira, 4 de novembro, essas e outras reflexões serão abordadas na terceira edição do Universa Talks. O evento, promovido por Universa, contará com a participação de ativistas, influenciadoras, especialistas e pensadoras para discutir o corpo feminino e a trajetória de autoaceitação que tem transformado a forma com que vivemos e nos vemos no espelho.

 

03.11.2020


Contos narrados por Zezé Motta e série de TV reverenciam a cultura africana

Conceito africano “sankofa” propõe o resgate ao passado a fim de ressignificar o presente. Para estimular o acesso à sabedoria ancestral brasileira, o canal Prime Box Brazil exibirá 10 animações de contos mitológicos narrados pela atriz Zezé Motta, ao longo do mês em que se reflete sobre a Consciência Negra. O conteúdo irá ao ar diariamente de 01 a 30 de novembro, na faixa de horários entre 0h45 e 23h55, da programação da TV por assinatura.

As narrativas orais preservam os ensinamentos transmitidos entre diferentes gerações e contribuem para a formação de valores nos indivíduos. Uma das animações “A Lenda do Tambor” faz analogia ao legado de Marielle Franco no feminismo negro e nas conquistas das minorias. A fábula original narra os primeiros sons do tambor, que ganhou popularidade em povoados da África, após a morte do macaquinho que recebeu o instrumento da lua.

Os contos fazem parte da série “Sankofa – A África que Te Habita” (trailer), que percorre nove países das quatro rotas do tráfico transatlântico do século XVIII: Guiné (Cabo Verde, Guiné-Bissau e Senegal), Mina (Gana, Togo, Benim e Nigéria), Angola e Moçambique. Casa dos Escravos e Sua Porta do Não Retorno, no Senegal, rota dos navios negreiros, e Castelo de São Jorge da Mina, em Gana, campo de concentração para rebeldes, foram locais de memória visitados pelo fotógrafo César Fraga e o historiador Maurício Barros de Castro, para o resgate da ancestralidade brasileira.

A série “Sankofa – A África que Te Habita” ganhará maratona com exibição sequencial dos episódios dividida entre os dias 7(1º ao 4º episódio), das 13 às 15 horas, 8 de novembro(5º ao 10º episódio), das 12 às 15 horas. A obra é uma produção da FBL Criação e Produção, dirigida por Rozane Braga, roteirizada por Zil Ribas, com animações de Eduardo Santos.

ANIMAÇÕES DE CONTOS MITOLÓGICOS

  • Data: 01 a 30 de novembro
  • Faixa de horários: 0h45 e 23h55
  • Animações: 10 contos totais de 3 minutos

MARATONA DA SÉRIE SANKOFA – A ÁFRICA QUE TE HABITA”

  • 7 de novembro: 1º ao 4º episódio, das 13 às 15 horas
  • 8 de novembro: 5º ao 10º episódio, das 12 às 15 horas
  • Duração: 30 minutos por episódio

SERVIÇO

  • Canal de TV por assinatura: Prime Box Brazil
  • Principais operadoras: NET, Claro, Sky, Vivo e Oi
  • Classificação indicativa: 12 anos

30.10.2020


Zezé Motta por Antônio Guerreiro (anos 80)

30.10.2020


Zezé Motta reestreia show em homenagem a Caetano Velosos – Coluna Mônica Bergamo – Folha de São Paulo

30.10.2020


Retiro dos Artistas inaugura biblioteca, sala de leitura e sala para atendimentos psicológicos

Zezé Motta no Retiro dos Artistas (6)

Zezé Motta no Retiro dos Artistas (6)

Zezé Motta no Retiro dos Artistas (6)

Zezé Motta no Retiro dos Artistas (1)

O dia de hoje sem sombra de dúvidas entrou pra história do Retiro dos Artistas.

Inauguramos uma sala de leitura, biblioteca, inauguramos também uma para atendimento psicológico…

Como disse hoje mais cedo, sinto orgulho em poder ser vice-presidente desta instituição centenária, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro, que acolhe artistas sem família ou em dificuldades e lhes garante uma melhor qualidade de vida. O Retiro dos Artistas prioriza abrigar os mais necessitados. E não são apenas atores. Todos são bem-vindos: cinegrafistas, técnicos, fotógrafos, pintores, cenógrafos, cinegrafistas e talentos circenses.

E como nada nessa vida se faz sozinho, gostaria de deixar um agradecimento especial para algumas marcas e parceiros. Sem eles, este sonho não seria possível.

Os nossos agradecimentos vão para:

@bretonoficial,

@ggarquitetura,

@adimaxoficial,

@juliopina_,

@the_corporates_band,

@entrearteconsultoria,

@cbertao e @aleartale, todo meu axé para vocês, muita gratidão!

Zezé Motta.

 

 

27.10.2020


Zezé Motta participa do ‘Dona Ruth: Festival de Teatro Negro de São Paulo’

Dona Ruth: Festival de Teatro Negro de São Paulo Dona Ruth: Festival de Teatro Negro de São Paulo

O Quilombo Artístico Pedagógico Poéticas Cênicas é um território de pesquisa e criação em Atuação, Direção, Performance e Dramaturgia, aberto para mulheres indígenas e negras, com ou sem experiência em artes. Conduzido por Zezé Motta, Luh Maza, Ana Musidora e Dione Carlos, a proposta dos encontros será a partilha dos procedimentos técnicos e estéticos de cada artista a partir de suas áreas artísticas tendo em vista o estudo e a prática dos aspectos cênicos que fundamentam a feitura teatral.

No primeiro encontro, Zezé Motta colocará em perspectiva a sua trajetória artística com base no ofício do trabalho da atriz e as suas relações como intérprete no teatro, no cinema, na teledramaturgia e na música; O segundo encontro, orientado por Luh Maza, terá como foco exposição e a experimentação de complexidades, potencialidades e possibilidades técnicas, conceituais, políticas e estéticas da encenação contemporânea; Já no terceiro encontro, Ana Musidora irá abordar a composição visual e sensorial do corpo e a reflexão acerca da Visualidade e Visibilidade dos corpos racializados nas artes visuais; Dione Carlos, no quarto e último encontro, terá como proposição a análise da dramaturgia contemporânea em diálogo com os conceitos de escrevivência, criado pela escritora Conceição Evaristo e oralitura, desenvolvido pela dramaturga Leda Maria Martins.

[OS ENCONTROS SERÃO REALIZADOS ATRAVÉS DE PLATAFORMA VIRTUAL ONLINE]

Classificação: a partir de 16 anos.

VAGAS: 20.
Grátis.

CRONOGRAMA:

Inscrições: de 26 de outubro até 4 de novembro.

Resultado: 6 novembro.

Encontro inaugural: Atuação, com Zezé Motta.
Medição: Ana Musidora e Dione Carlos.
Data: 07 de novembro, sábado.
Horário: 16h às 17h30.
*Este encontro será aberto ao público, com transmissão ao vivo.

Encontro 2: Direção, com Luh Maza.
Data: 14 de novembro, sábado.
Horário: 10h às 13h.

Encontro 3: Perfomance, com Ana Musidora.
Data: 21 de novembro, sábado.
Horário: 10h às 13h.

Encontro 4: Dramaturgia, com Dione Carlos.
Data: 28 de novembro, sábado.
Horário: 10h às 13h.

Inscrições: Preenchimento de formulário.
Todas as inscritas, selecionadas ou não, receberão unicamente por email o comunicado sobre o resultado final.
*É imprescindível a participação em todos os encontros.

As participantes presentes em todos os encontros receberão certificado.

Esta atividade integra o Dona Ruth: Festival de Teatro Negro de São Paulo_ediçãoOnline, que acontece de 7 a 28 de novembro. Acesse a programação em nossas redes sociais!

Instagram e Facebook: @donaruth.ftnsp

Contato: quilomboartisticodonaruth@gmail.com

Inscrições: https://cutt.ly/Tgn0CYi 

27.10.2020