Cida Moreira, Maria Alcina e Zezé Motta em Corações Vagabundos, dia 02 de agosto em Teresina

Corações Vagabundos, Caetano Veloso, Zezé Motta, Cida Moreira e Maria Alcina

21.07.2016


Zezé Motta – A Deusa de Ébano, homenagem na Acadêmicos do Sossego no carnaval 2017

Zeze Motta enredo Acadêmicos do Sossego, carnaval 2017

A escola de samba GRES Acadêmicos do Sossego​ recebeu os sambas que vão concorrer pelo hino oficial da agremiação para os desfiles de 2017. A escola que vai abrir os desfiles da Sapucaí, levará para a Avenida o enredo “Zezé Motta – a Deusa de Ébano”, desenvolvido pelo carnavalesco Márcio Puluker. Ouça os sambas concorrentes: http://bit.ly/2agsbcD

20.07.2016


Zezé Motta vira estátua de cera no Museu do Festival de Cinema de Gramado

Estátua Zezé Motta

Zezé Motta que já recebeu o Oscarito – destinado a grandes atores do cinema brasileiro -, por sua majestosa atuação como Xica da Silva, que projetou o cinema brasileiro em mais de 16 países no ano 1976, gravou depoimento para o MUSEU do Festival de Cinema de Gramado (RS) que tem a inauguração prevista para agosto. Além do depoimento, Zezé será homenageada e entrará para a memória do museu através de uma estátua de cera, que está sendo feita nos mesmos moldes das estátuas produzidas para o DREAMLAND – primeiro museu de cera da America Latina.

 

20.07.2016


Zezé Motta recebe o Troféu The Winner Awards 2016, no Sheraton Barra

Cris Vianna, Rosamaria Murtinho e Zezé Motta.

Fernanda Abreu, Cris Vianna, Rosamaria Murtinho e Zezé Motta Zeze Motta e Vinicius Belo

 

Neste fim de semana, a atriz Rosamaria Murtinho, ao lado do marido, o ator Mauro Mendonça, foram os grandes homenageados do Troféu The Winner Awards, importante reconhecimento nacional e internacional, que foi realizado no hotel Sheraton Barra, na Zona Oeste do Rio. O casal completa 60 anos de uma brilhante carreira e estão juntos há mais de 56 anos. Rosa e Mauro são reconhecidos pela crítica e pelo público como um dos maiores artistas do país, além de já possuírem vários prêmios conquistados no teatro, cinema e televisão.

Zezé Motta, que estreou profissionalmente em 1967, no musical Roda Viva, de Chico Buarque, marco do teatro brasileiro, também recebeu homenagem pelos seus 50 anos de carreira. No cinema, protagonizou Xica da Silva, de Cacá Diegues, de quem tornou-se musa. A convite do Itamarati, Zezé Motta já representou o Brasil em Hanover (Alemanha), no Carnegie Hall de Nova York (EUA), e em eventos na França, na Venezuela, no México, no Chile, na Argentina, em Angola e em Portugal.

A atriz Cris Vianna e a cantora Fernanda Abreu, também foram homenageadas por suas trajetórias na arte e por também contribuírem em prol da cultura no Brasil. O evento contou com um requintado jantar assinado pelo Chef José Ribeiro, e a lista de convidados esteve a cargo do RP Vinícius Belo.

11.07.2016


Autor Bruno Di Marino lança seu livro na LZ Studio

Zeze Motta e Bruno di Marino

Ensinada como uma arte pelos sofistas na Grécia Antiga, a retórica é identificada nos dias de hoje como uma capacidade pertinente, principalmente, aos advogados. Entretanto, em seu terceiro livro, o segundo em forma de versos, Bruno Di Marino mostra que sua paixão pela linguagem vai além dos discursos feitos nos Tribunais e expõe todo o seu talento na arte da poesia.

Ele utiliza-se novamente do pensamento mítico como fio condutor do texto, dessa vez tendo como norte a característica emancipatória do início da maturidade.

Para Di Marino, feitiços são encantamentos, sortilégios do corpo e tudo aquilo que, provindo do mistério corporal, a gente sente, e comunica, mas não sabe dizer. E essa seria justamente a origem aberta, desconhecida e sedutora da poesia.

– Não saber é, portanto, uma fórmula encantatória, talvez a mais concentrada em exprimir o que não comporta explicação. Foi essa negativa do saber, afirmada por Sócrates, que gerou a nossa caminhada filosófica. Ou seja, a nossa trajetória é fruto de um grande feitiço originário -, explica Di Marino, sobre a inspiração para a nova obra.

Organizado em temáticas de “feitiços”, o livro conta ainda com ilustrações do artista plástico Pedro Azevedo, que através da técnica de recortes e colagens explicita a natureza fragmentada da obra de Di Marino.

Durante o evento de lançamento, as ilustrações foram expostas aos visitantes, que desfrutarão ainda da participação de Zezé Motta, através da leitura de trechos selecionados pela atriz. A Le Coq Food Truck, a Pizza do Amor e a Brassaria Ampolis também estarão presentes, nesse evento que promete unir poesia, arte e design.

07.07.2016


Zezé Motta em A Comédia Divina

Zezé Motta em A Comédia Divina Zezé Motta em A Comédia Divina Murilo Rosa em A Comédia Divina Zezé Motta em A Comédia Divina Zezé Motta em A Comédia Divina Thiago Mendonça em A Comédia Divina Monica Iozzi em A Comédia Divina Juliana Alves em A Comédia Divina

 

Abalado por sua baixa popularidade, o Diabo (Murilo Rosa) resolve vir à Terra e fundar sua própria igreja. Os pecados são virtudes e devem ser estimulados. Para conseguir ainda mais fiéis, ele usa a ambiciosa jornalista Raquel (Monica Iozzi) para conseguir o controle de uma emissora de TV. Thiago Mendonça, Juliana Alves, Danton Vigh e Zezé Motta também estão no elenco.

A Comédia Divina chega aos cinemas em 8 de setembro.

07.07.2016