Zezé Motta participa da gravação do samba dos Acadêmicos do Sossego

Zeze Motta | Gres Acadêmicos do Sossego

A cantora e atriz Zezé Motta foi a grande atração da gravação do samba dos Acadêmicos do Sossego, realizada na tarde dessa segunda (12), no estúdio Visom Digital, em São Conrado. Zezé, que é o enredo da escola, participa da faixa, que foi gravada pelo intérprete oficial Leandro Santos.

12.09.2016


‘Xica da Silva’ faz 40 anos e Zezé Motta relembra bastidores do filme

O filme “Xica da Silva”, dirigido por Cacá Diegues e estrelado por Zezé Motta, completou 40 anos neste domingo, 4. O longa-metragem, que conta a história da escrava que se casa com o contratador de diamantes João Fernandes (Walmor Chagas), enriquece e vira a primeira dama da cidade, levou a atriz ao estrelato. Zezé recebeu a equipe de reportagem do site EGO, da Globo.com, para uma matéria especial em sua casa. Confira as fotos de Anderson Barros.

Zezé Motta Zezé Motta Zezé Motta Zezé Motta Zezé Motta Zezé Motta Zezé Motta Zezé Motta Zezé Motta

07.09.2016


Zezé Motta se emociona na final do samba que lhe homenageia na Acadêmicos do Sossego

Zezé Motta na Acadêmicos do Sossego

Zezé Motta na Acadêmicos do Sossego

Carregado de simbologia e ousadia o samba-enredo dos compositores Felipe Filósofo, Ademir Ribeiro, Sérgio Joca, Marcelo do Rap, Fabio Borges, João Perigo, Paulinho Ju e Bertolo venceu pela segunda vez conscutiva a disputa de samba do Acadêmicos do Sossego para o Carnaval 2017, que abrirá os desfiles de sexta-feira, no Sambódromo, pela Série A. A obra vai ser a trilha sonora do enredo ‘Zezé Motta, a Deusa de Ébano’, na homenagem que a escola presta para atriz em sua estreia na Série A, sob o comando do carnavalesco Márcio Puluker.

Confira a letra do samba:

– Eu vi Mamãe Oxum clarear a cachoeira.
Eu vi Mamãe Oxum clarear a cachoeira.
Zezé Motta vai brilhar, nasce uma estrela.
– Sossego mandou me chamar, eu vou!
Ora yê yê, Oxum, aiê iê ô!
Ora yê yê, Oxum, aiê iê ô!
– Deusa de Ébano, suba ao seu templo sagrado.
Dionísio embriagado de alegria te oferta a lira de Orfeu.
– Ah, é uma honra! Eu já fui Conceição.
Farei dessa avenida um quilombo
“Nas voltas do meu coração”.
– Volte a reinar, Xica da Silva!
Rufam os tambores por dignidade.
– Pois é, “meu sangue não nega”,
Trilha sonora da senhora liberdade.
– Fiz dançar a hipocrisia numa “negra melodia”.
Tenho a cor da noite, a dor ensina.
– Seja a luz que ilumina, ó divina!
– Serei até quando a tela deixar meus nobres irmãos atuar.
Onde o sol bate e se firma, abrem-se as cortinas.
Negras estrelas caem do céu.
Terá a igualdade um cintilante papel.
– Até breve, diva. Axé!
– “Muito prazer, eu sou Zezé”

 

29.08.2016


Zezé Motta em Condomínio Jaqueline, na FOX

Zezé Motta em Condomínio Jaqueline 13895245_517953258414849_4664291171601617236_n

15.08.2016


Xande de Pilares grava participação especial no “Samba Mandou me Chamar”, novo disco de Zezé Motta

Zezé Motta e Xande de Pilares no estúdio

15.08.2016


Zezé Motta no Santander Cultural

Zeze Motta

Zezé Motta se apresenta no Santander Cultural de Porto Alegre neste sábado (13.08), às 17h. No show Atendendo a pedidos, a atriz e cantora interpreta músicas de Dolores Duran, Silvio César, Rita Lee, Pixinguinha, Nei Lopes, Caetano Veloso, Luiz Melodia e Jards Macalé. Saiba mais emhttp://glo.bo/2aG5BoI

08.08.2016