Postal de Amor…

“Postal de Amor”, interpretei esta letra do Fagner em Ciranda Cirandinha. Esta composição, ou melhor esta “Louca” me enlouqueceu verdadeiramente, e conseguiu me arrebatar no palco.

O Daniel Filho me convidou para fazer Ciranda depois que me assistiu no show. Eu sempre soube desde pequena que eu tive uma tia que enlouqueceu por amor, e quando subo ao palco eu procuro o personagem para interpretar. Nesta ocasião eu comecei a pensar em minha tia Elza que eu nunca conheci, mas que sempre soube que ela havia morrido por amor…

Era uma loucura… Um belo dia eu encontrei o Fagner e falei:
– Fagner, você sabe que eu dedico aquela musica para a minha tia Elza, que eu nunca conheci, mas que eu sei que morreu de amor… E ai, eu estava na casa dele na varanda de frente para o morro Santa Marta, (os fundos do apartamento dele tinha vista pra lá)…

Ele muito emocionado me disse:
– Zezé, não acredito, eu fiz esta musica aqui nesta varanda olhando para o morro e pensando em uma mulher morrendo de amor…

Que loucura! Postal de Amor…

Postal de Amor – Zezé Motta em Ciranda Cirandinha

Zezé Motta