Zezé Motta é a atração da Conferência de Abertura da Bienal Rubem Braga em Cachoeiro

Zezé Motta

Mais uma atração foi confirmada para a 6ª edição da Bienal Rubem Braga, que acontece entre os dias 31 de maio a 5 de junho, em Cachoeiro de Itapemirim. A atriz e cantora Zezé Motta falará no primeiro dia do evento, às 20h, durante a Conferência de Abertura, ao lado do capixaba Wilson Coêlho. O tema é Literatura e Interpretação.

Comumente lembrada pelo papel principal no filme ‘Xica da Silva’, de 1976, e pela luta contra a ditadura, Zezé Motta começou a atuar em 67 e estreou como cantora em 1971. Ela é nascida em Campos dos Goytacazes, no norte fluminense.

Na música, já gravou nove discos, entre o primeiro, ‘Gerson Conrad e Zezé Motta’ e o mais recente, ‘Negra melodia’, no qual faz homenagem aos compositores Luiz Melodia e Jards Macalé.

Pela primeira vez, a Bienal Rubem Braga terá dois escritores internacionais: o português Gonçalo M. Tavares, vencedor do Prêmio José Saramago (2005), e o angolano José Eduardo Agualusa, finalista do prêmio Man Booker 2016. Também já foram anunciados os autores brasileiros Paulo Lins, Andrea del Fuego e João Paulo Cuenca e o cineasta Ian SBF, do grupo Porta dos Fundos.

Todas as atrações desta sexta edição serão gratuitas. O evento será realizado na Praça de Fátima, no centro da cidade. A programação terá debates, palestras, feira de livros, oficinas culturais, atividades para estudantes e apresentações musicais.