Zezé Motta e Andrea Raw gravam clipe Trocando em Miúdos

Zezé Motta e Andrea Raw | Foto Guto Pereira

Zezé Motta e Andrea Raw | Foto Guto Pereira

Zezé Motta e Andrea Raw | Foto Guto Pereira

Há 40 anos atrás Zezé Motta chegava ao mercado fonográfico através da gravadora Warner Music, com o LP intitulado “Zezé Motta”, que trouxe músicas que ficaram marcadas até hoje em sua voz. A eterna Xica da Silva, personagem vivida por ela no filme de Cacá Diegues, que a consagrou como estrela do cinema brasileiro mundo afora naquela mesma década (70), gravou, entre elas, “Trocando em Miúdos”, composição de Chico Buarque e Francis Hime. O LP foi um dos mais vendidos no ano de 1978, e chegou a ser reeditado em 2012.

Eis que 40 anos depois do sucesso, a cantora e atriz, juntamente com a bailarina Andrea Raw, referência quando o assunto é dança moderna no Brasil, volta aos estúdios, com a mesma canção de Chico e Francis, mas desta vez para gravar o clipe, autorizado pelo cantor e compositor. O vídeo é uma colaboração artística da cantriz com a bailarina, e apresenta muito mais que uma Zezé intérprete, mas duas mulheres que unem força, talento e expressão, com o tom intencional de desprendimento, e que através da sua arte, imprimem a sutil aceitação da descontinuidade, resgatada com o fim de um relacionamento amoroso, como fala a música. A direção foi de Orlando Ávila Kilesse.

“Esse clipe representa um intenso e difícil exercício de amor próprio e dignidade face à uma crise pessoal devastadora. O esforço sobre-humano de auto superação e de reestruturação emocional.  Para mim o trecho mais marcante é: “Eu bato o portão sem fazer alarde/Levo a carteira de identidade/Uma saideira, muita saudade/E a leve impressão, de que já vou tarde.” Isso representa compreendermos profundamente o nosso valor a ponto de abrirmos mão de algo, nesse caso alguém, que não nos merece, embora ainda tenhamos sentimentos. É sobre amadurecer emocionalmente na vida.” Afirma Andrea Raw.

“No vídeo são duas mulheres Trocando em Miúdos, a dor, o sofrimento, e a volta por cima, de todas nós, não apenas nas relações amorosas, mas nas relações da vida”, completa Zezé Motta.

Orlando Avila Kilesse, Andrea Raw e Zezé Motta | Foto Guto Pereira

Orlando Avila Kilesse, Andrea Raw e Zezé Motta | Foto Guto Pereira

Confira o clipe: https://www.youtube.com/watch?v=Ghyj6e4nQVQ