Zezé Motta e o Olodum, direto do Pelourinho…

Zezé Motta Pelourinho, com Olodum

Zezé Motta Pelourinho, com Olodum

Zezé Motta Pelourinho, com Olodum

Zezé Motta Pelourinho, com Olodum


Zezé Motta Pelourinho, com Olodum 1551714_10201287328165581_2069342942_n

Zezé Motta Pelourinho, com Olodum Zezé Motta Pelourinho, com Olodum Zezé Motta Pelourinho, com Olodum Zezé Motta Pelourinho, com Olodum

O Festival de Música e Artes Olodum (Femadum) abriu na última nesta sexta-feira (24) as pré-comemorações de Carnaval. O evento terminou no domingo (26) e entre as atrações esteve o debate sobre cinema negro e cultura, homenagens aos negros e apresentações de Banda Tribo de Jah do Maranhão (sábado), a cantora e atriz Zezé Motta e a Banda Olodum (domingo).

O evento contemplou diferentes linguagens artísticas, a música afro no geral, passando pelo samba reggae criado pelo saudoso Mestre Neguinho do Samba, a literatura afro e os workshops. Em 2014, o Femadum teve como novidades a presença do audio visual com a exibição  dos filmes já realizados com o Olodum, clipes musicais e miniseries sobre a temática afrobrasileira,  que foram exibidos no cinema e nas emissoras televisivas. Após as exibições, houve uma Roda de Conversação sobre o negro no cinema e a identidade cultural do Brasil, em que estarão presentes os produtores dos filmes, atores, protagonistas das miniséries e especialistas em linguagem audiovisual.

A programação do festival contemplou também o Femadumzinho,  que este ano completou a 20ª edição. O tema foi “Meninas Douradas do Olodum”, que mostrou a luta das mulheres por igualdade de direitos e cidadania feminina no contexto das atividades  carnavalescas por meio de oficinas de Percussão samba reggae e trançagem/turbantes.

Crédito das fotos: Sandra Rozados.

Postado por Equipe Zezé Motta.