Zezé Motta emociona público na festa de 05 anos da Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace

5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes La+ºo Rosa (441) (1280x853) La+ºo Rosa (442) (1280x853) La+ºo Rosa (443) (1280x853) La+ºo Rosa (444) (1280x853) La+ºo Rosa (445) (1280x853) La+ºo Rosa (446) (1280x853) La+ºo Rosa (447) (1280x853) 5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta com a presidente Marcelle Medeiros - Foto: Alessandro Mendes

5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta com a presidente Marcelle Medeiros - Foto: Alessandro Mendes

5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes

5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes

5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes

5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes

5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes

5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes

Carolina Ferraz - 5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes

Isabel Fillardis - 5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes

La+ºo Rosa (460) (1280x853) La+ºo Rosa (462) (1280x853) La+ºo Rosa (463) (1280x853) La+ºo Rosa (469) (1280x853) La+ºo Rosa (482) (1280x853) Alcione - 5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes

Simone Mazzer - 5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes

Isabel Fillardis e Fafá de Belém - 5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes

Isabel Fillardis e Zezé Motta - 5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes

Isabel Fillardis, Fafá de Belém, Alcione e Zezé Motta - 5 anos Fundação Laço Rosa no Copacabana Palace - Atriz e cantora Zezé Motta - Foto: Alessandro Mendes

Juliana Mendes, Úrsula Corona, Zezé Motta, Vinicius Belo e Omar Marzagão | 5 anos Fundação Laço Rosa Copacabana Palace - Foto: Renato Wrobel

Iniciativas como o Banco de Perucas Online, Núcleo Advocacy, Iluminação do Cristo Redentor e Força na Peruca, marcam a trajetória da Instituição, que ganhou o respeito da sociedade e comemorou o aniversário com festa na noite desta terça-feira, 21 de junho, com menu de Carolina Ferraz e do chef executivo do hotel David Mansaud e pocket show de Zezé Motta, Fafá de Belém, Simone MazzerAlcione. Hoje, a Laço Rosa mobiliza e conscientiza sobre a causa do câncer de mama com uma série de ações em todo o País.

Evidenciar a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, acolher mulheres em tratamento e influenciar políticas públicas de saúde. Essas são as principais propostas da Fundação Laço Rosa, que comemorou seus cinco anos com uma festa no Belmond Copacabana Palace, na noite desta terça-feira, 21 de junho. A entidade, que nasceu a partir da emocionante história de vida de três irmãs, já contabiliza inúmeras conquistas de suas campanhas de conscientização e resgate da autoestima de diversas mulheres, e hoje se dedica a uma causa ainda maior: apoiar a sociedade civil a se organizar para influenciar a tomada de decisões nas políticas públicas relacionadas à doença no País.

“Não é apenas responsabilidade do governo, estados e municípios construir a saúde que queremos viver. É papel também do cidadão cobrar, fiscalizar e propor mudanças efetivas, porque é na participação popular que se constroem as democracias. Cinco anos de um imenso trabalho de planejamento, estudo e construção de estratégias para fazer a diferença, então quando olho para trás e vejo o caminho que percorremos com o apoio de inúmeras empresas, sociedade civil, pacientes, gestores públicos e privados, sinto orgulho em saber que o trabalho duro que fazemos diariamente tem resultados fantásticos e transforma de verdade a vida de muita gente! Hora de celebrar todas as conquistas e aprendizados”, destaca Marcelle Medeiros, presidente voluntária da Fundação Laço Rosa.

O menu da festa foi assinado pelo chef executivo do hotel, David Mansaud junto com a atriz Carolina Ferraz. “Reunir pessoas que têm esse mesmo propósito numa grande festa significa muito para todas nós, pois é a celebração dos esforços que movemos todos os dias do ano. Reforçar a importância do diagnóstico precoce é proporcionar às mulheres uma chance de viver”, resume Marcelle.

Com assinatura da cerimonialista Jaqueline Barreto, bolo especialmente criado pela grife Casal Garcia e comando do RP Vinícius Belo, da Staff Company, a festa da Laço Rosa teve como atrações musicais a cantora Fafá de Belém, Alcione e Simone Mazzer, em seguida, um set list mixado pela DJ, e também princesa, Paola de Orleans Bragança.

Como tudo começou

A história da instituição alia força e uma crença inabalável na vida. Em 2007, a carioca Aline Lopes, com 33 anos e grávida do primeiro filho, descobriu um câncer de mama. Assim começava uma batalha contra a doença. Ainda na gestação, Aline teve que passar por uma mastectomia e pelas sessões de quimioterapia. E para obter informações sobre o que estava vivendo, Aline usou a internet como grande aliada. Inspirada pela história de Nancy G. Brinkera, da instituição Suzan G. Komen for the cure, ela começou a desenhar o projeto da Fundação Laço Rosa junto com as irmãs Andrea Ferreira e Marcelle Medeiros. A ideia era ajudar e orientar as pessoas com câncer de mama. Nesse período, o tumor voltou, o projeto de fundar a ONG acelerou e ideia da criação de um portal onde as pessoas pudessem ter referências sobre a doença ganhou ainda mais força.

Em outubro de 2010, Aline Lopes lançou a Fundação Laço Rosa em uma noite memorável na Casa Julieta de Serpa. No mês seguinte, a fundadora da instituição faleceu e seu legado foi levado adiante por suas irmãs. “Sempre me perguntam como conseguimos levar adiante o trabalho da Fundação Laço Rosa, revivendo a doença da minha irmã através de outras pessoas. Não há uma resposta para isso. Apenas sigo acreditando em milagres diariamente”, diz Marcelle Medeiros, presidente da Fundação Laço Rosa. Em agosto de 2011, a organização ganhou um espaço para abrigar o trabalho, uma sala situada na Estação Central do Metrô, emprestada graças à parceria com a ONG Entre Amigas, da jornalista Márcia Peltier. Lá, a Fundação Laço Rosa oferece auxílio psicológico a pacientes, parente e amigos de portadores de câncer, além de espaço para palestras e confraternizações.

Projetos da Fundação Laço Rosa

Além do Banco de Perucas Online — projeto de doação gratuita de perucas pela internet para pacientes em quimioterapia, que já atendeu famílias de todo o País — a Fundação Laço Rosa também está à frente de iniciativas como a Rosas do Morro, que leva a comunidades carentes informações sobre a doença e os direitos da mulher, e o curso Força na Peruca, programa pioneiro que visa formar profissionais oriundos de comunidades carentes para a confecção de perucas, com apoio da campanha #fortalizese, idealizada pela Exímia, unidade de negócios da FQM Farmoquímica, em parceria com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). A iniciativa, que prevê a confecção de 330 perucas durante a formação de sua primeira turma, será destinada para doação ao acervo da Laço Rosa. Como já é tradição, todos os anos a instituição ilumina com a cor rosa, tom que simboliza a luta contra o câncer mundo afora, monumentos da cidade do Rio de Janeiro, como o Cristo Redentor, e de Niterói, como o MAC.