Retratos da minha vida

Zezé Motta ganha escultura do artista Valmon Rodrigues da Silva

Valmon não é somente escultor, ele também excelente é músico e compositor. O artista começou a esculpir as suas fantasias e sonhos aos seis anos de idade. Com o passar dos anos  descobriu sua paixão e talento pela música. Para confeccionar as esculturas Valmon utiliza madeira, argila, poliepóx, papel, pedras, arames, além de muita inspiração e outros objetos que encontra em lugares especiais durante suas viagens pelo Brasil e pela Europa. As esculturas que têm como tema aspectos sociais, fantasias, sonhos, espiritualismo e MPB, são únicas e expressam com sensibilidade e autenticidade o caráter e o sentimento do artista. Valmon vem apresentando seu trabalho como escultor e músico no Brasil e na Europa em diversos eventos culturais. Suas esculturas foram expostas na “Alte Brauerei Stegen” no Ammersee, e na Alemanha.

 

Estatueta Zezé Motta, por Valmon Rodrigues da Silva

1549253_644366952295137_314332913_n

26.03.2014


Negros na TV

Só víamos muitos negros numa mesma novela se o assunto fosse escravidão. No caso, se eu já estivesse no ar, a Neusa Borges, que é da minha mesma faixa de idade, não seria escalada. O Zózimo Bulbul, se ele fosse chamado para uma novela, as chances do Pitanga diminuíam. Hoje vemos de seis a oito negros ao mesmo tempo num mesmo folhetim. E com papéis variados… Mas se nos basearmos no número de negros do Brasil, a representatividade na TV ainda é muito pequena.

_proxima_vitima-zeze_motta_camila_pitanga

25.03.2014


Anos 80, no Jô Soares.

Zezé Motta no Jô Soares

Eu sei que vocês adoram quando eu mexo no baú, ou então quando conto umas pérolas… Programa do Jô, década de 80, TV SBT, canal 4, São Paulo. O crédito da foto é do Moacyr dos Santos. Meu visual era andrógino, eu amava preto, couro, botas,e por aí vai… Lembro-me que uma vez fui para New York e tentei puxar assunto com o taxista, achei estranho pois eu falava, e ele fingia que não me ouvia, ou melhor, não queria me dar assunto. Ao descer do taxi ele me falou: – eu não falo com travestis! Lembro disso e dou risadas até hoje!!!


Zezé Motta: Samba enredo!

Em 1989 Zezé Motta foi homenageada com o enredo: Zezé, um canto de amor e raça, pela escola de samba Arrastão de Cascadura, que desfilava na Marques de Sapucaí pelo grupo A. Confira o samba que diz: “É Zezé nos braços da multidão…” http://www.ouvirmusica.com.br/arrastao-de-cascadura/1755851/#mais-acessadas/1755851

Zezé Motta homenageada pela Arrastão de Cascadura em 1989

06.03.2014


Na década de 80, Zezé Motta se apresentou no Carnegie Hall de Nova York (EUA)

Zezé Motta carnegie hall

04.03.2014


Zezé Motta no Segundo Caderno! #Arquivos

Zezé O Globo 21 de Julho de  2007

08.01.2014